quinta-feira, 4 de setembro de 2008

MAIS QUE UM ORGASMO


Imagens, Mensagens, Frases e Vídeos - Homem e Mulher - Orkut





Muito além do orgasmo, o sexo tântrico busca o autoconhecimento
a partir do prazer. A Maithuna, como é chamada a relação sexual
no tantra, busca atingir "um sublime estado de consciência, um
êxtase superior ao clímax físico", diz Victor Augusto de Araújo
Lino, mestre de Prakriti Yoga e Tantra, de São Paulo. Aqui, ele
explica o orgasmo tântrico.
TEMPO:
A relação tântrica não pode ser realizada com pressa. As
preliminares são extremamente importantes e exigem, no mínimo,
uma hora.
COMO É O ORGASMO TÂNTRICO:
O orgasmo é a sensação de prazer acompanhada da contração de
partes específicas do corpo. E a ejaculação é a eliminação de
espermatozóides. Durante o ato sexual tântrico temos a fase da
excitação. Em consequência, a mulher também fica mais tempo nesse
gozo prolongado.
É MELHOR DO QUE O ORGASMO COMUM:
Sim. Somente 10% da relação sexual tântrica acontece na região
dos órgãos sexuais. O coração e a cabeça contribuem com todo
o restante. Em vez de vir dos órgãos sexuais, o orgasmo
tântrico nasce na mente, é um jorro de alegria, uma sensação
de profundo bem-estar, um sentir-se completo, em comunhão
total com o universo. O coração se abre e todo o corpo é
tomado por um amor incondicional, sem barreiras e sem
restrições. A noção de tempo desaparece, os minutos podem
parecer horas. É muito mais do que um orgasmo, é uma
expansão de consciência.

CAMPEÕES SEXUAIS:

Onde se faz sexo com mais frequência. A pesquisa Global Better
Sex Survey, incluiu 27 países e apontou que o brasileiro tem
7,9 relações sexuais por mês em média, quase duas vezes
por semana.

RANKING DA FREQUÊNCIA MUNDIAL:

BRASIL...............7,9
FRANÇA...............7,7
TURQUIA..............7,4
MÉXICO...............6,6
ALEMANHA.............6,5
REINO UNIDO..........6,4
EUA..................6,4
ESPANHA..............6,0
ITÁLIA...............5,7
CORÉIA...............4,6
TAIWAN...............4,5

"Revista: MARIE CLAIRE"

Um comentário:

xistosa - (josé torres) disse...

Há algo de errado na descrição:

"COMO É O ORGASMO TÂNTRICO:
O orgasmo é a sensação de prazer acompanhada da contração de
partes específicas do corpo. E a ejaculação é a eliminação de
espermatozóides."

Nada de mais errado.
Está mais do que provado que a mulher também tem ejeculação, não possuindo espermatozóides.

Todos querem atingir a felicidade plena, ou tentar ensiná-la, mas desconhecendo em absoluto o que efectivamente é um orgasmo, de prazer.

Não sou médico e portanto nem sei se vou colocar um texto que escrevi sobre tudo relacionado com o prazer numa relação normal.
Mas o Tantra, o Yôga, (não Yoga) e outras artes milenares, nunca se referiram ao Ponto G, o local onde se localiza o centro de prazer na mulher.
A sexualidade sempre foi um tabu que só há poucos anos começou a ser discutida.

Também não podemos pintar tudo de negro.
E as diferenças entre as mulheres e os seus prazeres são abissais.

Não me vou alongar mais, porque há coisas que a teoria afirma, mas a prática desmente, não só na sexualidade.