segunda-feira, 18 de agosto de 2008

MEU FINAL DE SEMANA - 1


Ontem saí, fui numa festinha da terceira idade.
Muitas pessoas e de todas idades. Ao lado da minha mesa,
haviam dois casais de mais ou menos uns 72 anos; aproximei e
conversei com eles.
Admirei muito o quanto demonstravam ou passavam para os outros
convidados, amor e carinho. Estavam sempre abraçadinhos,
chamavam bem a atenção dos convidados.
Sempre levantavam e dançavam grudadinhos dando beijinhos
carinhosos. Parabenizei os gestos sinceros que transmitiam
à todos.
Observei e pensei: Não existe idade para amar e aproveitar
a vida. Aqueles casais viviam momentos maravilhosos
e únicos na vida deles.
Dancei, fiz amizades, senti muito bem na festa.
Voltei para minha casa com outra visão.

***Ana Maria Gonçalves***

5 comentários:

Denise Ceciliano disse...

Se o amor é sincero e recíproco, sempre vale a pena!
beijinhos!

Ana Maria disse...

Como vale a pena!!!
Filha, obrigada pela sua visita.
Beijinhos!

Cleo disse...

Aninha, que maravilha de final de semana, o amor está no ar, basta nos deixarmos envolver por esta brisa. Beijos e uma semana iluminada prá ti.
Cleo

Ana Maria disse...

Obrigada Cleo, pela gentil visita.

A. João Soares disse...

O amor não tem idade, embora apareça com aspectos diferentes, os possíveis!
Dei aulas em três «universidade» para a terceira idade. Era um trabalho voluntário sem remuneração, mas gratificante pelo prazer de estar com pessoas que gostavam de aprender, outras apenas pretendiam evitar a solidão de todo o dia em casa e iam sentar-se entre os outros. Crivam-se entre elas e eles afeições muito especiais.
A vida só acaba quando o coração deixa de bater. Até lá convém viver a sério, tanto quanto se possa.
Abraço
João